No meu quintal dos Enxames – Julho

Quintal.Enxames2

    «Em Julho tudo farás, só o teu verde não ceifarás.»

    Julho deve o seu nome ao imperador romano Júlio César, por ser o mês em que César nasceu. Época de veraneio mas no campo prossegue a dedicação aos trabalhos agrícolas.

Na Horta:

    Mês de ceifa e debulha dos cereais. Fase de semear agrião, alface, cenoura, feijão de trepar e anão, nabo, rabanete, repolho, salsa e as couves de bruxelas, nabo e flor. Ainda semear feijão verde e alface que se estarão aptos para consumo no início da estação de fria.

    Nesta altura do ano, dever-se-á colher as alfaces, os alhos, as cebolas, beterraba, beringela, courgette, couves, feijão, tomate.

    Continua-se a apanha da batata e deve-se apostar no tratamento das terras dos canteiros. Importante manter a rega das culturas ao amanhecer ou ao final do dia.

    Temporada de roçar mato para estrume, esta acção também contribui para a limpeza da floresta.

No Jardim:

    Semear as plantas bienais e vivazes para germinação lenta que serão para transplantar no outono. Colher as primeiras sementes das flores secas. 


 BIBLIOGRAFIA: O Verdadeiro Almanaque; Borda D’Agua (2014); Editorial Minerva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

 

Loading Facebook Comments ...