Apicultura: A primeira cresta

    Já não é novidade para muitos de vós e este ano decidi arrancar com um novo passatempo! Aprender um pouco sobre o mundo da apicultura, avançar com a construção do meu primeiro apiário e ter mel para consumo próprio foram os objetivos recentemente alcançados. Como é normal para um iniciado, foi necessário ler bastante sobre este assunto, fazer algum curso prático, falar com os apicultores da zona (os grandes conhecedores do dia-a-dia) e lá vou acumulando experiência.

    Hoje foi um dos momentos mais aguardados, efetuei a primeira cresta no meu apiário e pode-se dizer que correu tudo bem! Não houve picadelas, tentou-se não fazer uso do fumo (para que  o mel não absorve-se aromas) e a extração foi rápida. Esta foi mais uma etapa, na inserção nesta admirável atividade que para mim não é mais que um passatempo.

   Por detrás de todo este processo simples e mecânico que aconteceu hoje existiu uma preparação prévia ao longo das últimas semanas e foram feitas algumas inspeções ao apiário para ver a evolução de forma a ajudar a determinar o momento adequado à execução deste trabalho.

    Deixo-vos um vídeo e fotos com alguns momentos, desde a cresta até ao produto pronto a ser consumido. Espero que com isto mais pessoas fiquem entusiasmadas e comecem a dedicar-se na freguesia à apicultura, partilhem as suas experiências e possamos trocar opiniões!

    Ahhh e claro que o nome da freguesia já ajuda a antecipar o resultado final, mas se há dúvidas deixo aqui bem esclarecido que, mel com origem na Freguesia de Enxames, só podia ser 5 estrelas (mesmo bom)!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

 

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Loading Facebook Comments ...