No meu quintal dos Enxames – Junho

Quintal.Enxames2

«Quem em Junho não descansa, enche a bolsa e farta a pança.»

Na Horta:

    Em Junho destina-se parte da atividade agrícola para cavar, estrumar e semear os campos. Aproveitar o minguante para ceifar as culturas do trigo, centeio e cevada. Em viveiro deve-se semear alface, alho-porro, repolho, couves-flor e de bruxelas, couve-nabo, couve-rábano e couve-galega. Já em local definitivo, semear cenoura, chicória, nabo, rabanete, salsa e coentros.

    Neste mês há que “arrancar” a batata semeada no mês de Fevereiro.

    Cuidar dos milharais, batatais e morangal, regando pela manhã ou mais ao fim do dia. Prossegue-se com a sementeira do feijão para consumo enquanto verde. Época para plantar pimento, piripiri e tomate.

     A cebola, alho e alface que foram semeados em Janeiro já estão aptos a ser colhidos e consumidos. Apanhar as cerejas, as nêsperas e as framboesas. Ainda neste mês verificar se é possível extrair o mel das colmeias e também a cortiça dos sobreiros. Quanto à vinha, será a fase de retirar o excesso de folhagem e continuar com os tratamentos e aplicar o enxofre quando se manifestar o oídio.

No Jardim:

    Semear várias espécies como begónias, calêndulas, gipsófilas, goivos e colher rosas, cravos, etc.

Animais:

    Ter especial atenção em manter o gado bem bebido e se possível sair dos estábulos na alba ou ao entardecer.

________________________________________________________________________________

BIBLIOGRAFIA: O Verdadeiro Almanaque; Borda D’Agua (2014); Editorial Minerva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

 

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Loading Facebook Comments ...