No meu quintal dos Enxames – Outubro

Quintal.Enxames2
«Em Outubro não fies só lã; recolhe o teu milho e o teu feijão, senão de Inverno tens a tua barriga em vão.»
    E entramos na terceira estação desde que iniciou o ano, o Outono. A origem do nome Outubro advém da palavra latina octo (oito), visto que era o oitavo mês do calendário romano, que começava em Março.
Na Horta:
    As maçarocas de milho que durante o mês anterior secaram vão ser agora debulhadas. Iniciar a colheita da azeitona para retalhar e combater a gafa (dar calda para evitar que a azeitona fique perfurada). Semear cereais praganosos, por exemplo a aveia, cevada, trigo e centeio). Nos lugares mais secos e abrigados plantar as oliveiras.
    No minguante dever-se-á estercar as covas para as árvores a transplantar na Primavera. Também é período destinado à plantação de árvores de fruto e ainda podar (corte diagonal) as árvores resistentes ao frio.
    Ainda resguardar do gelo e preparar canteiros para a sementeira de alface e cebola. Colher últimos feijões. No fim do mês, plantar morangueiros, alhos e cebolinhas. Colocar em local definitivo as couves de Primavera e a alface de Inverno. Colher a castanha, noz, avelã, abóbora e marmelos. E também, colocar as estacas para as ervilhas.
No Jardim:
Estrumar, semear flores (como no mês anterior) e plantar roseiras, crisântemos, lírios, narcisos, tulipas, cíclames, açucenas, jacintos, junquilhos, anémonas. Colher as flores de Outono como dálias, rosas, etc. 


 BIBLIOGRAFIA: O Verdadeiro Almanaque; Borda D’Agua (2014); Editorial Minerva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

 

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Loading Facebook Comments ...