Plantar&Colher nos Enxames – Pequenos frutos

plantarcolherenxames

     Hoje vou abordar um tema, que acho de algum interesse para quem goste de inovar, ou seja alguns frutos menos conhecidos e como tal, menos produzidos aqui nos Enxames. Eu produzo estas espécies há já alguns tempos, em pequena quantidade. Apenas para consumo próprio. As fotografias aqui apresentadas são todas da minha produção.

 

 

 

goji    As bagas de goji, são oriundas do Tibete e China, pertencem aos designados pequenos frutos. Tem inúmeras aplicações terapêuticas e medicinais.Podem ser consumidas em crú ou em seco. Outra particularidade importante é que começam a produzir na primavera (as minhas já começaram a produzir, como a foto documenta) e só terminam a produção próximo do Natal. Secam-se com extrema facilidade, desidratam-se ao sol em poucos dias. Reproduzem-se facilmente através das sementes que se encontram no interior do fruto.
mirtilo    Os mirtilos são arbustos de pequeno porte e de crescimento lento, oriundos da Eurásia. Pertencem também aos pequenos frutos. Tem inúmeras aplicações terapêuticas e medicinais, possuem elevadas propriedades antioxidantes. O mirtilo tem inúmeras aplicações culinárias, nomeadamente no fabrico de compotas e bolos. As folhas também são muito apreciadas na confeção de chá.
Physalis    As Physalis são oriundas das regiões subtropicais da América do Sul. As minhas, este ano ainda atrasadas, ainda se encontram em vaso. Vou transplantá-las brevemente. Têm um sabor ligeiramente agridoce. Tem também inúmeras aplicações terapêuticas e medicinais. É aconselhada nos processos de emagrecimento. Também tem uma boa aceitação na culinária. Reproduzem-se facilmente através das sementes que se encontram no interior do fruto.
framboesa    As framboesas são pequenos arbustos, originárias do centro e norte da Europa e parte da Ásia. É utilizada além do consumo em cru, na composição de sorvetes, xaropes, geleias, licores e doces. É um fruto muito sensível, exige muitos cuidados no seu manuseamento, por ser um produto muito exportado para os país do norte da Europa. O consumo em Portugal é ainda muito reduzido. As plantas se gostarem dos solos, podem tornar-se quase uma praga, devido ao fácil modo de propagação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

 

Loading Facebook Comments ...