Projeto Final de Curso de Design de Interiores para Centro de Dia| Freguesia de Enxames

    A Diana  Masceiras acaba de terminar o projeto ‌académico‌ de ‌final‌ ‌de‌ ‌curso‌ na‌ ‌área‌ ‌de‌ ‌Design‌ ‌de‌ ‌Interiores‌ ‌e‌ ‌Equipamento,‌ ‌que‌ ‌envolveu‌ ‌o‌ ‌edifício‌ ‌Liga‌ ‌dos‌ Amigos‌ ‌dos Enxames‌ (LAE).

    É ‌licenciada‌ ‌pela‌ ‌Escola‌ ‌Superior‌ ‌de‌ ‌Artes‌ ‌Aplicadas‌ ‌(IPCB‌ ‌-‌ ‌Instituto‌ ‌Politécnico‌ ‌de Castelo‌ ‌Branco)‌ ‌na‌ ‌área‌ ‌de‌ Design‌ ‌de‌ ‌Interiores‌ ‌e‌ ‌Equipamento.‌ ‌No‌ ‌último‌ ‌ano‌ ‌de‌ ‌licenciatura  teve‌ ‌uma‌ ‌cadeira‌ ‌de‌ projeto‌ ‌final,‌ ‌em‌ ‌que‌ ‌o‌ ‌objetivo‌ ‌foi  ‌criar‌ ‌um‌ ‌projeto‌ próprio, ‌com‌ ‌base‌ ‌em todos‌ ‌os‌ ‌conhecimentos‌ ‌que‌ ‌foram ‌adquiridos ao longo da ‌licenciatura com seguimento junto do ‌seu‌ ‌orientador‌.‌

    Comenta-nos que “Design” ou “designer”, é uma palavra e profissão que poucos desconhecem mas que ainda é uma profissão por vezes desvalorizada por uma parte da sociedade. Ainda mais sendo Designer de Interiores, em que muitas vezes lhe perguntaram se estava a estudar para ser decoradora. É uma ideia completamente errada, já que se um decorador, em geral e resumidamente, decora um espaço com base no gosto do seu cliente e normalmente trabalha sozinho, e um designer de interiores faz muito mais além de decorar um espaço e não trabalha sozinho, o seu trabalho é 10% decoração e 90% projeto. É habitual trabalharem juntamente com arquitetos, eletricistas, engenheiros, canalizadores, todos os que fazem parte da obra em si. Projetam espaços com base na funcionalidade, ergonomia, qualidade de vida, sustentabilidade e condições de mobilidade reduzida.

    Veio então a ideia e foi proposto aos seus professores um projecto para remodelação do edifício Liga dos Amigos dos Enxames para criar um centro de dia, por este estar localizado na freguesia onde reside e ser mais fácil conhecer o edifício e visitá-lo sempre que fosse necessário.

    O centro de dia Nossa Senhora do Fastio dos Enxames, sendo um espaço conhecido e de por ter noção do seu funcionamento, na sua perspetiva é bastante susceptivel de melhoras nas condições de bem-estar e de funcionamento a todos os utilizadores. Por isso, viu  no edifício da LAE uma oportunidade para remodelar o espaço,  estando quase inutilizado, e dar mais importância ao que realmente para ela mais importa na freguesia, a terceira idade e o seu bem-estar como também o dos funcionários.

    O seu projeto de remodelação do edifício da LAE, consistiu em projetar um espaço de centro de dia que correspondesse a todas as necessidades do utilizador e que oferecesse melhores condições que o centro de dia Nossa Senhora do Fastio apresenta.

   Os objetivos principais no projeto foram a criação de casas de banho para mobilidade reduzida, como também no Posto Médico; aproveitamento da estrutura existente do edifício; zona de fisioterapia; escritório para a direção; zona de estar/convívio; zona de refeições, e todas as restantes condições de trabalho requeridas pela Direção Geral da Ação-Social para este tipo de estabelecimentos.

    O projeto esteticamente teve inspiração na vida dos utilizadores, a agricultura e as casas de campo e na sua envolvência exterior, a Natureza. A paleta cromática envolveu os tons castanhos, verdes e azuis, um dos materiais mais predominantes no espaço é a madeira, por ser um material natural e sustentável.

    Conseguiu com este projeto académico ir muito mais além do que esperava, desde a criação de um espaço para um universo de utilizadores que apresenta determinadas condicionantes e conseguir responder às suas necessidades e foi algo que lhe deu bastante entusiasmo, e, principalmente o bem-estar do indivíduo. Existe uma certa desvalorização na conceção de um espaço de lar/centro de dia esteticamente agradável, tanto por questões monetárias como também por não darem importância ao indivíduo enquanto ser que frequenta o espaço e que se torna a sua casa todos os dias e a um projeto feito por um designer.

    Antes de entrar na universidade no curso de Design de Interiores e Equipamento a Diana também estudou Artes Visuais no ensino secundário. O ano passado entrou para uma associação ligada às artes a “Histérico – Associação de Artes” em que foram aparecendo novos desafios que a ajudaram a crescer e a tornar-se mais confiante naquilo que tem vindo a aprender ao longo dos anos. As artes estiveram e estarão sempre presentes no seu futuro. Por agora ambiciona entrar no mestrado em Design de Interiores e Mobiliário na mesma instituição, continuar a estudar, aprender mais coisas e possuir mais conhecimentos nesta área.

    A Diana deixa um especial agradecimento ao Presidente da LAE, o ‌Sr.‌ ‌Adelino‌ ‌Zacarias, ‌pela‌ ‌disponibilidade‌ ‌e por ter ajudado sempre que precisou.

    Pela minha parte agradecer à Diana pela partilha do seu trabalho e muita sorte para esta nova etapa. Conheci o projecto de casualidade ao ver uma notificação no Instagram e este foi o ponto de partida. Por favor aproveitem esta plataforma para divulgar os vossos trabalhos e como meio para chegar à comunidade.

Anexos:

  1. Painel de Apresentação do Projeto de Design de Interiores Centro de Dia- Licenciatura em Design de Interiores e Equipamento- Diana Masceiras

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Loading Facebook Comments ...